29 de dez de 2013

Futebol brasileiro precisa de reformulação geral

Não é a toa que os assuntos mais difíceis de se conversar são: futebol, política e religião. Não necessariamente nessa ordem, mas a cada dia que passa vemos uma enorme discussão nem sempre pacífica sobre esses assuntos nas mais diversas formas de comunicação na internet.
A intolerância da maioria fanática que não consegue enxergar um palmo a frente dos olhos a não ser a sua própria opinião, é o maior motivo de desavenças e troca de agressões verbais nas redes sociais.
No caso do futebol a situação é ainda pior. As discussões chegam às arquibancadas ou avenidas das cidades, tudo orquestrado por torcidas organizadas que combinam brigas pela internet. E pasmem, algumas torcidas do mesmo time brigam entre elas.
O final do Campeonato Brasileiro de 2013 acabou acontecendo no tribunais. O que de fato aconteceu em campo não foi respeitado. Já escrevi aqui no blog sobre o assunto antes mesmo do julgamento que aconteceu no TJD e no STJD. LEIA AQUI
 A Portuguesa foi goleada por 13x0. Pagou pelo erro de escalar um jogador que estava suspenso. Pagou por incompetência do seu advogado, do seu departamento jurídico, do seu gerente de futebol e do seu presidente. Não adianta pegar carona na imprensa manipuladora e achar que a Portuguesa é a coitadinha da história. Errou! Assinou o regulamento no começo do campeonato junto com os outros 19 times. O beneficado foi o Fluminense que com a perda de pontos do time lusitano, permaneceu na primeira divisão. Se fosse qualquer outro time grande que estivesse no lugar do Fluminense, aconteceria a mesma coisa. Ninguém iria ter dó da Portuguesa.
Já fiz uma matéria antiga aqui no blog sobre viradas de mesa ao longo dos anos e é só dar uma olhada AQUI para ver se o seu time também está lá.
É curioso o povo clamar por justiça no país para que as decisões judiciais sejam cumpridas, que bandidos fiquem na cadeia, que corruptos sejam punidos, que leis e regras foram feitas para serem cumpridas e no entanto quando acontece um erro comprovado juridicamente no futebol, todos querem que as regras sejam quebradas. Não é por aí. As regras precisam ser reformuladas.
Esse nem é o problema maior. Ao longo de décadas temos visto um futebol sofrível dentro de campo e horroroso por parte da esmagadora maioria na direção dos clubes de futebol. Dívidas trabalhistas, fiscais, clubes quase falidos, salários atrasados, falta de estrutura, enfim, uma verdadeira bagunça.
Arbitragem? É melhor nem começar a falar a respeito.
Vem aí a Copa do Mundo no país e tudo vai correr perfeitamente bem, podem ter certeza disso. Pelo menos aos olhos da FIFA e do nosso Governo. No entanto, o legado de destruição será terrível. É só aguardar.
Uma coisa é certa no futebol:
É preciso uma reformulação geral em todas as áreas. Dentro de campo, disciplinares e diretivas.
É utopia, eu sei.

12 de dez de 2013

O pontapé inicial da moralidade pode ser dado pelo Fluminense

Sr. Peter Siemsen
Presidente do Fluminense Football Club

Ser Fluminense não é ser melhor. É ser certo. Não é vencer a qualquer preço mas vencer-se primeiro para depois se tornar vitorioso. É não perder a capacidade de admirar e de se colocar entre as conquistas mais altas. É jamais perder a esperança com dignidade.
É gostar de talento, honradez, arte, paz, justiça, coragem e principalmente bom senso. É saber reconhecer na derrota, um adversário superior.
É rejeitar humilhação, sorrateiros, desleais, soberba, arrogância, suborno ou hipocrisia.  É unir caráter com decisão, sentimento com ação e razão com justiça.
É ter os olhos limpos, sem despeito e ao lado da sensatez.
É conseguir obter o melhor de cada um para reparti-lo com os demais e saber a cada dia, amanhecer melhor.

Diante de todos os fatos negativos ocorridos com o clube no ano fatídico de 2013, curiosamente um ano depois de uma conquista absoluta do Campeonato Brasileiro (2012) e três anos depois da conquista absoluta anterior (2010), vamos esquecer a confusão causada pela Portuguesa ao escalar um jogador de forma irregular no jogo contra o Grêmio na última rodada da competição.
Vamos para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro aprender pelos erros cometidos esse ano.
Todos nós sabemos da campanha ridícula e patética realizada pelo time durante todo o ano.
Não sejamos hipócritas e ficar em cima do muro num momento tão delicado que vive o clube, o futebol em geral e nosso país.
Alguém precisa começar a moralizar tudo que está acontecendo. E o nosso Fluminense pode dar esse pontapé inicial.

Ainda não sabemos o que vai acontecer no julgamento. Porém, independente do resultado no STJD,  sou a favor que o clube dispute a segunda divisão.

O caso nos tribunais é legal mas imoral.

Saudações Tricolores


11 de dez de 2013

Virada de mesa no Brasileirão 2013?

Hoje (11.12.2013), o programa Bate-Bola Primeira Edição da ESPN Brasil fez um importante esclarecimento através dos ótimos jornalistas Paulo Vinícius Coelho e Mauro Cezar Pereira.
Isso se chama jornalismo feito com credibilidade, competência, honestidade e principalmente imparcialidade. Para quem não sabe, PVC é torcedor do Palmeiras e o Mauro Cezar Pereira é torcedor do Flamengo.
Isso surgiu diante de todas as notícias que aconteceram ontem e vem circulando hoje sobre a provável virada de mesa no Campeonato Brasileiro de 2013 pelos tumultos causados por torcedores no jogo Atlético-PR x Vasco e por causa da escalação irregular de jogadores da Portuguesa ( Heverton) no jogo contra o Grêmio e do Flamengo (André Santos) no jogo contra o Cruzeiro, na última rodada do Brasileirão desse ano.
Muitos caem numa história de que o Fluminense é o "Rei do Tapetão" e a verdade não é bem essa.
Assista o esclarecimento no vídeo.
Independente se vai acontecer a virada jurídica ou não sobre o que está entrando em julgamento referente ao campeonato desse ano, é muito importante esse esclarecimento sobre algumas coisas do passado. Assistam!



6 de dez de 2013

O Acumulador de Troféus

Camila B. Monteiro, blogueira que conheci há poucos anos através da blogsfera, acaba de realizar seu grande sonho de escrever um livro. Fico feliz de ter recebido "O Acumulador de Troféus" que ela escreveu e acaba de lançar. Fica a dica de boa leitura para o pessoal que passa aqui pelo blog.
Entre em contato com a escritora através do site oficial:
www.camilabmonteiro.com
Ou através da rede social Facebook:
https://www.facebook.com/kmilla.monteiro
https://www.facebook.com/pages/Blog-Vida-Complicada/219174258098367?ref=br_rs
Desejo a Camila, muito sucesso. E assim será.

5 de dez de 2013

Se você acha que está ruim, aguarde 2014

Acabando 2013, lembre-se de que nada é tão ruim que não possa piorar. Faltam alguns dias para a linda e maravilhosa festa de Reveillon, aquela mesma onde muitos bebem seu champagne e que brindam a chegada de um novo ano mais feliz enquanto outros passam fome nas ruas, sem moradia, sem alimento, sem amigos, sem família, sem emprego e sem mais um monte de coisas.
Brasil. O país do contraste.
2014 sem qualquer sombra de dúvidas será um ano muito complicado. Uma Copa do Mundo a ser realizada num Brasil corrupto e a beira do caos, recheada de denúncias de superfaturamento na construção de estádios e tudo viabilizado por um governo em total harmonia com a toda poderosa FIFA. O país do futebol e da corrupção terá uma Copa do Mundo a qualquer custo. 
Uma cambada de puxa-sacos aparecem em propagandas, eventos e entrevistas pra lá de duvidosas e como disse Ronaldo - aquele mesmo "Fenômeno" - "uma Copa do Mundo não se faz com hospitais". Maravilha!
Viva a Copa e a saúde que se dane. Aliás, todo o resto que se dane.
Passamos 2013 presenciando uma infinidade de protestos por todas as causas possíveis e imagináveis. Alguns bagunceiros e "badernistas" com seus rostos cobertos por um pano e que alguns intelectuais ainda tiveram a cara de pau de chamarem de revolucionários, passaram o ano destruindo o patrimônio alheio e compartilhando fotos em redes sociais onde fizeram enorme sucesso criticando ou mostrando valentia contra policiais. A inversão de valores está completamente instalada.
Na minha opinião as manifestações em sua maioria são justas e quando realizadas por pessoas decentes e que sabem o que é manifestar com bom senso e principalmente sem violência, são extremamente importantes. E que não levantem a bandeira de nenhum partido político ou sindicato, porque os aproveitadores adoram esses momentos.
O mesmo bando de políticos com suas costumeiras falácias e que a cada dia que passa ganha mais popularidade entre o povo brasileiro, continuará a gozar com a cara dos brasileiros, independentemente de partidos políticos. 
As eleições irão levar o país a uma disputa de poder e conchavos dos mais inimagináveis possíveis em busca de eleitores e na verdade tudo irá continuar como dantes no quartel de abrantes.
Talvez numa tentativa de começar a mudar tudo, duas coisas na minha opinião seriam fundamentais a partir das próximas eleições:
1º - Voto facultativo
2º - Proibido reeleição em qualquer cargo político
Utopia. Pura utopia.
Reflexão rápida e sem palavras bonitas.
É assim que eu gosto e digo: "Se liga e fique esperto(a)"

4 de dez de 2013

Águas de Lindóia

Águas de Lindóia é uma linda cidade do Estado de São Paulo. 163 Kms é a distância da capital paulista. É um dos 11 municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais e faz parte do Circuito das Águas. Já estive algumas vezes nessa cidade e sem dúvida é uma das mais agradáveis que já conheci.














     Todas as fotos pertencem ao arquivo pessoal de William Kusdra
04.12.2013