24 de jul de 2014

Estação Ferroviária de Americana, município de São Paulo.

Americana, município do Estado de São Paulo, possui uma Estação Ferroviária da linha tronco da Cia. Paulista e foi fundada em 27 de Agosto de 1875. Atualmente o local abriga a "Estação Cultural" da Secretaria de Cultura e Turismo do município. Na inauguração da Estação, presenças ilustres como Dom Pedro II e Conde d'Eu, marido da Princesa Isabel.
Extremamente importante após a inauguração, ao longo do tempo o abandono só foi aumentando, chegando a desativação completa do transporte de passageiros em 1998 e voltando a dar os últimos suspiros em 1999.
Em 1995 houve a última reforma realizada pela Fepasa. Lamentavelmente, em 15 de Março de 2001 o transporte de passageiros foi totalmente desativado, restando apenas o transporte de cargas.
É desnecessário dizer que ao longo de décadas o transporte ferroviário no Brasil tem sido esquecido pelos governos. Muitas das estações espalhadas pelo Brasil tem servido de abrigo para mendigos, usuários de drogas e evidentemente a total degradação do patrimônio. Alguns municípios ainda se preocupam em preservar a história da ferrovia e costumam restaurar suas estações desativadas, formando centros culturais e com isso, de alguma forma a história fica registrada. Porém, o mais importante mesmo seria que o transporte ferroviário funcionasse ativamente.
Segue abaixo algumas fotos com as devidas legendas informativas. No final, um vídeo com um trem de cargas passando pela Estação no dia que eu estava fotografando o local.

Placa da Estação

Relógio da época preservado

Placa comemorativa no centenário da estação. 1975

Miniatura para crianças

Placa com o nome da empresa de engenheiros londrinos

Vagões de carga estacionados

Vagões de carga estacionados

Vídeo com vagões de carga passando por Americana


15 de jul de 2014

Uma Alemanha campeã mundial absoluta em 2014

Não há como negar que a Alemanha deitou e rolou no mundial do Brasil. Dentro e fora de campo, a seleção alemã esbanjou categoria, humildade e inteligência. Um grande time não se faz somente com bons jogadores. É preciso que esses jogadores estejam completamente envolvidos num só objetivo e que sejam pessoas inteligentes e politizadas. E foi justamente por isso que a Alemanha sobrou nesse mundial e conquistou o título. É Tetra-Campeã do Mundo (1954-1974-1990-2014).
A Alemanha estreou contra Portugal e aplicou uma goleada de 4x0. No segundo jogo a seleção se complicou um pouco. Abriu o placar contra Gana, levou a virada e depois conseguiu empatar. Final: 2x2. No último jogo da primeira fase, 1x0 nos Estados Unidos. Classificação garantida em primeiro lugar do grupo e vaga nas Oitavas de final contra a Seleção da Argélia. 0x0 nos 90 minutos e o jogo vai para a prorrogação. Alemanha vence a Argélia por 2x1 e se classifica para as Quartas de final. Jogando no Maracanã contra a França, os alemães vencem por 1x0 num dos jogos mais tensos e difíceis da Copa, mas garantindo a vaga na semifinal que foi contra a Seleção Brasileira, anfitriã e candidata ao título. Porém, o que se viu, foi uma Alemanha impecável, implacável e um Brasil completamente atordoado em campo. 7x1 foi o placar da sonora goleada alemã sobre o Brasil. Klose fez um dos gols e com isso passou a ser o maior artilheiro de todos os tempos em Copas do Mundo com 16 gols, ultrapassando o brasileiro Ronaldo que tinha feito 15 gols. 7x1, um resultado para não deixar dúvidas de que ali estava a seleção que iria ser a campeã mundial independente do adversário na final. Na outra semifinal, a Argentina de Messi passou pela Holanda e conquistou o direito de disputar o título contra a Alemanha. Uma final que seria repetida pela terceira vez na história dos mundiais (1986-1990-2014).
13 de Julho de 2014. O palco da final era o Maracanã. 74.738 espectadores. Como praticamente toda final de Copa do Mundo, um jogo difícil, truncado, muitas vezes tenso e com gols perdidos de ambas seleções. 0x0 nos 90 minutos e começa a prorrogação. Aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, o atacante Gotze que havia substituído Klose, faz o gol do título. Alemanha 1x0 Argentina.
O título está nas mãos certas, após anos de reestruturação dos clubes e da seleção da Alemanha. Projetos de revelação de jovens talentos com a obrigação de boa educação, saúde e alimentação.
Tudo o que falta no Brasil, sobra com qualidade na Alemanha.
Parabéns a Seleção Alemã que soube conquistar gloriosamente o título de Campeã Mundial de 2014.


13 de jul de 2014

Keith Richards é a cara do rock and roll e assim celebramos o 13 de Julho

Keith Richards - The Rolling Stones
Nesse mundão do rock e que hoje (13 de Julho) comemoramos numa data especial, temos inúmeros músicos que nos representam e eu poderia ficar aqui citando um a um. No entanto, seria uma tarefa árdua e com certeza deixaria de citar vários nomes super importantes na trajetória do rock e não quero cometer nenhuma injustiça com qualquer um deles.
Porém, se há alguém que representa o rock and roll de verdade, esse é Keith Richards.
Não é o melhor músico do planeta, mas é um Stone e isso por si só, já basta!


Long Live Keith Richards 
Long Live The Rolling Stones
Long Live Rock and Roll

O fracasso retumbante do futebol brasileiro na Copa 2014. E agora?

Ainda bem que acabou a Copa do Mundo 2014 para a Seleção Brasileira. Chegou a hora da reflexão e principalmente de mudanças gerais no comando do futebol porque ano após ano tudo só tem piorado. As mazelas e os erros estão sempre sendo jogados para baixo do tapete com algumas poucas vitórias medíocres. O que se viu nessa Copa realizada em nosso país, foi um time pessimamente treinado, sem comando, sem "família", sem comprometimento, sem vergonha na cara e principalmente sem futebol. Conquistamos a vaga na semi-final aos trancos e barrancos e levando em conta a tradição do único país penta-campeão do mundo. Mas o resultado negativo de 7x1 para a Alemanha, destruiu qualquer tradição. Para deixar as coisas um pouco piores, 3x0 para a Holanda e um 4º lugar digno de uma seleção que protagonizou o maior vexame de sua história. Sim, maior que a perda do título para o Uruguai em 1950 no jogo que ficou conhecido como "maracanaço" e da desclassificação na primeira fase na Copa de 1966 na Inglaterra. O Brasil se superou em todos os números negativos nessa Copa 2014.
Porém, é preciso lembrar que o futebol brasileiro vem acumulando fracassos nos últimos anos não só com a Seleção, mas com os clubes também. Vejamos:
O Internacional de Porto Alegre foi desclassificado na semi-final do Mundial de Clubes em 2010 pelo completamente desconhecido Mazembe do Congo por 2x0.
O Santos perdeu o título do Mundial de Clubes para o Barcelona com um sonoro 4x0 em 2011 e não satisfeito, apanhou do mesmo Barcelona por 8x0 num amistoso realizado em Agosto de 2013.
O Atlético-MG também fez a sua parte e foi desclassificado na semi-final do Mundial de Clubes em 2013, perdendo por 3x1 para o Raja Casablanca do Marrocos.
A Libertadores da América de 2014 começou com 6 clubes brasileiros. Atlético-PR, Atlético-MG, Flamengo, Grêmio, Botafogo e Cruzeiro. Nenhum deles chegou sequer as semi-finais.
No entanto, a Seleção Brasileira venceu a Copa das Confederações em 2013. É bom lembrar que havia vencido também em 2009. Mas o que adiantou conquistar um torneio que não vale absolutamente nada? 
Nitidamente alguma coisa está errada e muito errada por sinal. O torcedor brasileiro precisa colocar na cabeça que não somos mais o país do futebol. Estamos desestruturados, ultrapassados e agora humilhados.
É ridículo ficar cantando "sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amoooooooooor" nos estádios o tempo inteiro, num enredo pior que novela da Globo e repetidamente em todos os jogos. Mais chato que isso, só mesmo os rojões que os idiotas teimam em soltar em dias de jogos ou as malditas vuvuzelas que ainda percorrem por aí. Tá tudo errado. 
José Maria Marin, Felipão, Parreira e seus comparsas, precisam deitar em berço esplêndido, esquecer que um dia fizeram parte do futebol e curtir a família. Aposentadoria já!
Como reformular um futebol fracassado num país fracassado? É difícil mas não impossível. Esse ano  as coisas andarão complicadas por um bom tempo ainda. Estamos próximos das eleições e não há como começar a mudar essa situação por enquanto. Sinceramente não sei onde vamos parar no meio de tanto vexame.
Porém, uma coisa é absolutamente certa: é preciso mudar.

11 de jul de 2014

Há dois anos Paul Breitner falou sobre o ex-melhor futebol do mundo

Assistindo ontem (10.07) ao programa Linha de Passe do Canal ESPN Brasil, que na minha modesta opinião é o melhor programa esportivo da televisão brasileira e que infelizmente nem todo mundo tem acesso por se tratar de um canal de tv por assinatura, evidentemente que um dos tópicos do programa ainda era a repercurssão negativa da desastrosa campanha da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2014, culminando com a esmagadora derrota por 7x1 para a Seleção da Alemanha na semi-final da competição.
Para quem é muito jovem e não sabe, Paul Breitner foi um lateral esquerdo e as vezes volante que jogou na Seleção Alemã de 1971 a 1982 e se trata sem qualquer sombra de dúvida, de um dos maiores jogadores da história do futebol. Isso mesmo que você leu, um dos maiores jogadores da história do futebol. Em 2012, Paul Breitner esteve no Brasil e participou do programa Bola da Vez da ESPN Brasil. Deu declarações sobre como o futebol alemão estava se estabelecendo no cenário mundial depois de alguns fracassos, reestruturando todo o sistema. Evidente que ele falou sobre o Brasil também, dizendo que estávamos parados no tempo. Profeta Breitner? Não. Simplesmente um cara que enxerga o futebol com inteligência, ao contrário dos dirigentes e comissões técnicas da nossa Seleção Brasileira.
Vale a pena para você que está lendo, assistir ao vídeo sobre o que disse Paul Breitner em 2012, ressaltando, dois anos antes da tragédia da goleada por 7x1.
O vídeo tem aproximadamente 3 minutos com a parte onde ele fala sobre o que relatei no texto.





9 de jul de 2014

Entrevista com Regis Tadeu

Regis Tadeu
O programa Direto da Toca na Rádio Stay Rock Brazil rola toda Segunda-Feira as 14:00 Hs e é reprisado as 19:00 Hs. No dia 07.07.2014 realizei uma entrevista muito especial com Regis Tadeu. Regis é músico, crítico musical, colunista do Yahoo, possui dois programas na Rádio USP ( 93,7 ) e é jurado do programa Raul Gil no SBT. Além de ter sido companheiro de banda na primeira metade dos anos 80 no Anarca.
Na entrevista ele fala sobre sua carreira desde quando começou a gostar de música e comprou seu primeiro disco até os dias de hoje. Quem não conseguiu ouvir o programa no dia, estou disponibilizando aqui no Blog para audição.
Para ouvir, acesse: Direto da Toca 074 07 07 2014.mp3

1 de jul de 2014

Especial do Direto da Toca com o músico Rubens Gioia

Rubens Gioia
Direto da Toca, programa da Rádio Stay Rock Brazil que rola toda segunda-feira as 14:00 Hs e reprisa no mesmo dia as 19:00 Hs, realizou no dia 30.06 um especial com o guitarrista Rubens Gioia.
Rubens fez parte das bandas Santa Gang, A Chave do Sol, Patrulha do Espaço e Yankee. É considerado um dos grandes nomes do cenário roqueiro brasileiro e você pode conferir ouvindo o programa através desse link:
Direto da Toca 073 30 06 2014.mp3
Para quem não conseguiu acompanhar o programa no dia 30 de Junho de 2014, fica aqui disponibilizado através do blog.
Muita história de um dos grandes músicos desse nosso país. 

A Chave do Sol    


Patrulha do Espaço
Percy Weiss e Rubens Gioia